Tesla Semi é flagrado rodando nas ruas da Califórnia, EUA

O caminhão Tesla Semi, alardeado como uma revolução no setor de transporte de carga, ainda não tem data para chegar ao mercado. Assim, a apresentação do modelo 100% elétrico foi em 2017. Porém, o cronograma de estreia sofreu vários atrasos. O fato é que a expectativa é tão grande que toda vez que o caminhão é visto nas ruas, vira notícia. Como acaba de ocorrer nos Estados Unidos.

Agora, o 
Tesla Semi foi flagrado rodando em direção a Palo Alto, na Califórnia. Ou seja, perto de uma das instalações da Tesla. Apesar de as imagens serem curtas, dá para notar que houve atualização em alguns elementos do desenho.

Porém, as linhas futuristas não mudaram. Nesse sentido, contribuem as abas laterais localizadas a poucos centímetros do chão. Portanto, melhoram a aerodinâmica. Da mesma forma, chama a atenção o baixo nível de ruído. Afinal, o Tesla Semi é um caminhão elétrico alimentado por baterias.

Caminhão elétrico gera baixo nível de ruído

Segundo informações da Tesla, o novo caminhão tem quatro motores elétricos. No filme publicado por um usuário do Twitter, dá para ouvir um zunido parecido com o de turbinas de avião. O modelo flagrado não tinha implemento.
 

Dá para encomendar o Tesla Semi

Recentemente, o presidente da Tesla, Elon Musk, anunciou um programa de pré-venda do novo caminhão elétrico. Segundo a empresa, a produção deve começar em 2023. No caso da versão de entrada, com autonomia de 482 km, o preço sugerido é de US$ 150 mil. Ou seja, cerca de R$ 760 mil na conversão direta, sem taxas.

Por sua vez, a configuração com 805 km de autonomia o preço é de US$ 180 mil. Portanto, isso dá aproximadamente R$ 900 mil, também na conversão direta. Bem como sem considerar impostos e outros custos adicionais.

De acordo com a fabricante, o Tesla Semi tem vários recursos eletrônicos de assistência ao motorista. Nesse sentido, um dos destaques é o Auto Pilot. Ou seja, o sistema de condução semiautônoma que já está disponível nos carros da marca. Assim, o caminhão poderá rodar sem interferência do motorista. 

Conforme a Tesla, as baterias do novo modelo poderão ser recarregadas em cerca de 2 horas. Porém, apenas em estações rápidas, com potência de 240 kW. O que garante 80% de sua carga. Além disso, o Semi transporta um reboque com sua capacidade de inclinação.

Fonte: Estradão